Publicado em

A Fase de Floração da maconha

A Fase de Floração da maconha

A fase de floração é o momento emocionante e crucial no ciclo de vida da maconha, quando as plantas começam a produzir as flores desejadas, repletas de tricomas ricos em canabinoides. Neste guia, exploraremos os principais aspectos da fase de floração da maconha, desde o início até a colheita, para garantir uma produção robusta e de alta qualidade.

1. Início da Fase de Floração:

A fase de floração é iniciada alterando o ciclo de luz para 12 horas de luz e 12 horas de escuridão. Isso simula as condições de outono, desencadeando a planta a mudar seu foco do crescimento vegetativo para a produção de flores.

2. Desenvolvimento das Flores:

Durante as primeiras semanas de floração, a planta de maconha desenvolverá flores pequenas e incipientes. Essas flores logo se transformarão em sites de inflorescência, onde os brotos começarão a se formar.

3. Escolha da Genética e Fenótipo:

A escolha da genética é crucial para a fase de floração. Diferentes variedades de maconha têm diferentes tempos de floração, aromas, sabores e perfis de cannabinoides. Escolha uma genética adequada às suas preferências e ao ambiente de cultivo.

4. Nutrientes Específicos para a Floração:

Durante a floração, as plantas de maconha têm necessidades nutricionais diferentes das fases anteriores. Fornecer fertilizantes específicos para a floração, ricos em fósforo e potássio, ajudará a promover o desenvolvimento saudável dos brotos e flores.

5. Controle da Umidade e Temperatura:

O controle da umidade continua a ser crucial durante a fase de floração. Reduza gradualmente a umidade relativa conforme as plantas amadurecem para evitar problemas como o mofo. Mantenha a temperatura entre 20°C e 26°C para otimizar a produção de terpenos e canabinoides.

6. Treinamento e Suporte:

Durante as primeiras semanas de floração, considere métodos de treinamento, como LST (Low Stress Training), para garantir que a luz atinja todos os ramos. Ofereça suporte aos galhos pesados à medida que os brotos se desenvolvem para evitar que se dobrem ou quebrem.

7. Maturação e Colheita:

A maturação das flores ocorre tipicamente entre 6 e 12 semanas, dependendo da genética. Monitore os tricomas com uma lupa para determinar o momento ideal da colheita. Tricomas leitosos indicam um alto teor de THC, enquanto tricomas âmbar sugerem um efeito mais relaxante.

8. Flushing e Preparação para a Colheita:

Duas semanas antes da colheita, faça um processo de flushing, irrigando as plantas apenas com água. Isso ajuda a remover excessos de nutrientes, melhorando o sabor e a qualidade da fumaça. Prepare-se para a colheita cortando os ramos e removendo as folhas grandes.

9. Secagem e Cura:

A secagem e a cura adequadas são essenciais para garantir uma maconha de alta qualidade. Pendure os ramos em um ambiente escuro e com boa circulação de ar. Após a secagem, coloque os buds em potes de vidro, abrindo-os regularmente para garantir uma cura uniforme.

10. Armazenamento:

Armazene a maconha curada em um local fresco, escuro e com umidade controlada. Potes de vidro herméticos são ideais para manter a frescura e os terpenos.

Conclusão:

A fase de floração da maconha é um momento emocionante para os cultivadores, marcando o ápice do ciclo de vida da planta. Ao compreender os aspectos críticos, desde o início até a colheita e a cura, os cultivadores podem maximizar a qualidade e o rendimento de sua maconha. Com paciência, atenção aos detalhes e um ambiente de cultivo bem equilibrado, você estará no caminho para colher brotos de maconha de alta qualidade e sabor excepcional. Boa sorte em sua jornada de cultivo de maconha!